SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS E ATIVIDADE FÍSICA

SOP e AF

A síndrome do ovário policístico (SOP) é a endocrinopatia mais comum em mulheres na idade reprodutiva (20% das mulheres) e é uma das principais causas de infertilidade. ⠀

A SOP é uma desordem metabólica e aumenta o risco de doenças cardiovasculares. Há um aumento da resistência insulínica e da insulina plasmática, com alteração do colesterol e aumento dos marcadores inflamatórios.

Ao contrário do que boa parte das mulheres pensam, o termo síndrome do ovário policístico é diferente de ovários policísticos. Para o diagnóstico de SOP as mulheres devem apresentar 2 dos 3 critérios: (1) microcistos ovarianos (12 ou mais cistos de 2 a 9 mm na periferia ovariana ou um volume ovariano > 10 ml), (2) excesso de hormônios masculino (Sinais clínicos e/ou aumento da testosterona plasmática) e (3) alteração menstrual.

Estudos recentes compararam os treinamentos HIIT x musculação x aeróbico no tratamento da mulher com SOP. Foi concluído que o treinamento HIIT (treinamento intervalado de alta intensidade) foi o único capaz de melhorar a resistência insulínica nestas pacientes, INDEPENDENTEMENTE da perda de peso e da dieta.

Sempre tenha o acompanhamento de um endocrinologista.

Olá! Como vai?
Em que posso te ajudar?
Powered by