AUMENTO DE PELOS AO EMAGRECER

7678_545462345614508_7997066181152836195_nCom a diminuição da porcentagem de gordura corporal, há uma redução da função absoluta da enzima aromatase presente no tecido adiposo. Esta enzima, é a responsável pela transformação da testosterona e de seus precursores em estradiol/estrona (hormônios femininos).

Na mulher, ao se reduzir a proporção estrogênio/testosterona, as células da derme (pele) estarão sobre um estímulo hormonal mais propício para o surgimento de pelos grossos e indesejáveis no rosto, pescoço, tórax, abdome e dorso.

Nas mulheres, a baixa porcentagem de gordura corporal é sempre um diagnóstico diferencial do excesso de pelos, principalmente nas pacientes em que os exames de sangue não demonstram alteração hormonal significativa.

Saiba mais em endocrinologiaesportiva.com.br