Lesão de ombro no crossfit

Lesão de ombro no crossfit

Cerca de 27% da lesões do Crossfit ocorrem no ombro e pequenas dicas podem ajudar na prevenção.

– Exercícios de fortalecimento de manguito rotador, principalmente o externo (Quase não é trabalhado na musculação e em atividade do cotidiano).
– Exercícios de mobilidade do ombro.
– Realização de pelo menos 3 Strict Pull Up (para ativação neuromuscular e preparação muscular), antes de realizar movimentos mais complexos de ombro, como Kipping Pull Up, Butterfly Pull , Bar Muscle Up, Ring Muscle Up e outros.
– Sempre siga o passo a passo antes da realização completa do exercício (iniciantes).
– Sentiu dor? Pare avalie a técnica e converse com o seu Coaching. Dor persistente? Marque um ortopedista especialista em Ombro. Se forçar, a lesão irá se agravar.

USO EXCESSIVO DE SUPLEMENTOS

USO EXCESSIVO DE SUPLEMENTOS

USO EXCESSIVO DE SUPLEMENTOS

 

Estamos em uma época de abuso de suplementos alimentares.Recebo no consultório inúmeros pacientes usando mais de 10 tipos diferentes de suplementos (prontos ou manipulados) e com gastos mensais que superam os 1000 reais.

Ao analisar a fundo a lista de suplementos percebo que a grande maioria não tem eficácia comprovada ou foi negada em estudos, alguns estão em doses elevadas e tóxicas (ex: garcinia cambogia e extrato de chá verde) e inclusive, é feito a prescrição de testosterona tópica como se fosse um suplemento.

Por não serem considerados medicações, raríssimas pesquisas são realizadas sobre os possíveis danos e efeitos colaterais entre as interações dos suplementos alimentares.

A sensação que eu tenho, é que este tipo de prescritor dá vários tiros no escuro sem saber com qual melhor arma lutar. Acertar em algo ele vai, porém não sabe como e qual é o efeito indesejado de tanta substância. Não é atoa que recebo vários pacientes com múltiplas alterações clínicas e laboratoriais (função hepática, renal, colesterol, glicose, hormônios sexuais e outros) e tenho que fazer uma intensa pesquisa médica para descartar as possíveis causas destas disfunções.

O profissional de excelência é aquele que consegue obter a maioria dos macro e micronutrientes de uma dieta bem elaborada e não aquele que sabe prescrever mais suplementos, que como o próprio nome diz, serve para SUPLEMENTAR uma dieta.

Saiba mais em endocrinologiaesportiva.com.br

 

COMPARAÇÃO VOLUMÉTRICA ENTRE 1 KG DE MÚSCULO E 1 KG DE GORDURA

COMPARAÇÃO VOLUMÉTRICA ENTRE 1 KG DE MÚSCULO E 1 KG DE GORDURA

COMPARAÇÃO VOLUMÉTRICA ENTRE 1 KG DE MÚSCULO E 1 KG DE GORDURA

Esta é a comparação volumétrica entre 1 kg de gordura e 1 kg de músculo.

Ela nos ajuda a entender o por que de no emagrecimento, o resultado do tratamento é visualizado mais rapidamente, e de como na hipertrofia, temos que ganhar mais massa magra para o efeito ser perceptivo.

Na maioria das vezes, o ideal é sempre optar pela periodização de treinamento, suplementação e alimentação, pois não adianta ter muita massa magra se ela estiver coberta por uma capa espessa de tecido adiposo!

 

O QUE É UM ENDOCRINOLOGISTA DO EXERCÍCIO E DO ESPORTE?

O QUE É UM ENDOCRINOLOGISTA DO EXERCÍCIO E DO ESPORTE?

endocrinologiaesportiva

O Endocrinologista e Metabologista é o médico especialista em hormônios e metabolismo. Para ser reconhecido pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, o médico formado tem que se especializar por dois anos em clínica médica e por mais dois anos em endocrinologia e metabologia, além de prestar e passar na prova de título realizada anualmente pela sociedade (SBEM).

O endocrinologista é especializado em obesidade, doenças da tireóide, paratireóide, adrenal, hipófise, ovários, testículos, pâncreas (diabetes), metabolismo ósseo, retardo e aceleração do desenvolvimento sexual, baixa e alta estatura, deficiência de vitaminas e sais minerais, hirsutismo (excesso de pêlos) e dislipidemia (gordura no sangue).

O endocrinologista com ênfase no esporte, associa todos os seus conhecimentos em hormônios e metabolismo com a fisiologia do esporte, a nutrição e nutrologia esportiva (suplementação alimentar) e as bases do treinamento físico, com a intensão de aperfeiçoar o desempenho dos atletas (recreativos e profissionais), a composição corporal (FITNESS – reduzir gordura e aumentar a massa muscular) e a qualidade de vida.

O endocrinologista esportivo deve sempre trabalhar em equipe com o nutricionista esportivo e com o educador físico, pois para alcançar o foco desejado o atleta deve ter uma alimentação balanceada e praticar uma atividade física orientada e específica. Estes profissionais não se anulam, mas se potencializam.

Olá! Como vai?
Em que posso te ajudar?